Terça-feira, 23 de Maio de 2006

Sonhos existem...

 

... nós é que teimamos em deixá-los fugir!

 

"Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida.

Que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança."

                               António Gedeão

publicado por Cris às 22:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 22 de Maio de 2006

Dia do Autor...

publicado por Cris às 22:58
link do post | comentar | favorito

Aqui há abraços!

hilsfreehug.gif

 

      Olá!

      Mais uma semana... de volta à rotina...

     

      Hoje, trago-vos mais uma sugestão de leitura: A Musa de Camões, de Maria Helena Ventura. Trata-se do relato da possível história de amor entre Camões e a Infanta D. Maria, um amor "que aos olhos da lei era crime e aos da Inquisição era pecado". Com este romance, a autora pretende reconstruir o enredo possível de um amor único, "contrariado pelos autores mais recentes, (...) escorado por uma recíproca admiração intelectual."

 

                  Boas Leituras!

   e...

               Boa Semana!

publicado por Cris às 15:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 19 de Maio de 2006

Língua Portuguesa? Muito complicada!

-         Me disseram...

-         Disseram-me.

-         Hein?

-         O correcto é disseram-me. Não me disseram.

-         Eu falo como quero. E te digo mais... Ou é “digo-te”?

-         O quê?

-         Digo-te que você...

-         O “te” e o “você” não combinam.

-         Lhe digo?

-         Também não. O que você ia me dizer?

-         Que você está sendo grosseiro, pedante e chato. E que eu vou te partir a cara. Lhe partir a cara. Partir a sua cara. Como é que se diz?

-         Partir-te a cara.

-         Pois é. Parti-la hei de, se você não parar de me corrigir. Ou corrigir-me.

-         É para seu bem.

-         Dispenso as suas correcções. Vê se esquece-me. Falo como bem entender. Mais uma correcção e eu...

-         O quê?

-         O mato.

-         Que mato?

-         Mato-o. Mato-lhe. Mato você. Matar-lhe-ei-te. Ouviu bem?

-         Eu só estava querendo...

-         Pois esqueça-o e pára-te. Pronome no lugar certo é elitismo!

-         Se você prefere falar errado...

-         Falo como todo o mundo fala. O importante é me entenderem. Ou entenderem-me?

-         No caso... não sei.

-         Ah, não sabe? Não o sabes? Sabes-lo não?

-         Esquece.

-         Não. Como “esquece”? Você prefere falar errado? E o certo é “esquece” ou “esqueça”? Ilumine-me. Me diga. Ensines-lo-me, vamos.

-         Depende.

-         Depende. Perfeito. Não o sabes. Ensinar-me-lo-ias se o soubesses, mas não sabes-o.

-         Está bem, está bem. Desculpe. Fale como quiser.

-         Agradeço-lhe a permissão para falar errado que mas dás. Mas não posso mais dizer-lo-te o que dizer-te-ia.

-         Porquê?

-         Porque, com todo este papo, esqueci-lo.

                                                     Comédias para se ler na escola – Luís Fernando Veríssimo

                  

                     ###

As minhas desculpas a quem por vezes corrijo. Ossos do Ofício!

Um beijinho e...

               

publicado por Cris às 17:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Lembram-se? Saudosos Marretas!

publicado por Cris às 12:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 18 de Maio de 2006

Campanha Tampinhas

      É tão fácil ajudar...

                                       

    

      Basta guardar as tampinhas de plástico das garrafas e dos garrafões, dos sumos e leites e entregá-las num ponto de recolha. Elas serão convertidas em cadeiras de rodas e outro material necessário que será entregue a entidades e pessoas carenciadas.

      Mais informações aqui:

 

                        Tampinhas

 

      Já o faço há algum tempo e sinto-me feliz por poder dar um pequeno contributo para ajudar quem precisa. Até porque não sabemos do nosso futuro e "gota a gota se enche o copo".

      São estas gotinhas de luz que nos preenchem a alma!

      E é preciso tão pouco

                             para vislumbrar um sorriso...

                

publicado por Cris às 23:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Já é quinta-feira!

 

        E se um dia, talvez...

      Necessitares um carinho...

      O deles é incondicional!

      

      Tenham uma óptima Quinta-feira!

publicado por Cris às 11:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 17 de Maio de 2006

Simplesmente...

 

Inocencia ( Oleo sobre tela 60x72 (Nepal))

 

    Simplesmente

     mais um dia...

     Olhar vago,

     sorriso amargo.

     Hora a hora.

 

     Mais um dia

     indiferente.

     Um desabafo,

     um desengano.

     Simplesmente...

publicado por Cris às 22:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Bom Dia!

 

publicado por Cris às 10:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

"Professorite" aguda?!

 

      Olá amigos!

       Hoje estou em mais um daqueles dias nostálgicos, com saudades do frenesim da escola, do blá blá blá dos alunos, até da confusão do final de ano, com testes a fazer, a corrigir, a entregar... Perdi, completamente a esperança de ser colocada ainda este ano lectivo e as perspectivas para o próximo ano também não se avizinham sorridentes! Logo eu que sou tão apologista do ditado "A esperança é a última a morrer!". Não me vejo, neste momento, a fazer outra coisa, eu que desde o dia em que pus um pé na "escola" decidi que seria professora! 

      A vida é feita de opções e eu tive de escolher entre esta família linda que também me escolheu e a possibilidade de mais cedo poder ter o meu lugar ao sol. Está claro de ver o que escolhi, e sem sombra de hesitação!  Agora, passados nove anos de serviço, com todos os inconvenientes aliados ao facto de andar a saltitar de escola em escola (mas colocada!) vejo-me este ano em casa por um estúpido erro de preenchimento dos impressos de candidatura, o qual, segundo consta, trouxe centenas de professores, neste ano de transição, à "barra" do desemprego. O tempo passa e sabemos que o subsídio de desemprego não  é eterno, que o tempo de serviço deixa de ser contado, que nos desactualizamos a cada dia que passa, e nós continuamos nesta descida vertiginosa, numa profissão em que "o tempo é ouro!"

      Começo a sentir-me encurralada entre a necessidade de me sentir útil e procurar outro emprego e o sonho de criança, o bichinho, o gosto da profissão (o qual cada vez tenho mais certo) que teima em me fazer acreditar que melhores dias virão e que, como na história do Horácio que coloquei aqui hoje cedo, um dia de sol me aguarda num futuro próximo, quiçá no próximo ano lectivo!

      Hoje alonguei-me um pouquito, não vos vou maçar mais com as minhas angústias! Antes devo agradecer o apoio dos meus familiares e amigos o qual tem sido fundamental neste ano difícil da minha vida, sobretudo agradeço à  minha mana, ombro amigo, pilar importante na minha caminhada, ao meu marido e filhos que têm aturado as minhas frequentes oscilações de humor, às minhas amigas Sandra e Maria João por estarem sempre lá, todos os momentos, com uma palavra de ânimo e de coragem, e, claro, a todos vós que me visitam por aqui e que também iluminam os meus dias com a vossa "presença"!

  

                                     

 

  

 

publicado por Cris às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Regresso ao ativo...

. O tempo voa...

. Por aqui...

. Mais uma estrelinha brilh...

. Dizem...

. "Vestido" novo ;)

. Uff...

. o que é o sindrome de ASP...

. Brrrrrr....

. Há sempre...

.links

.pesquisar

 

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags