Terça-feira, 31 de Julho de 2007

Mário Quintana

 

           

 

      Se fosse vivo, Mário Quintana teria festejado, ontem, mais um aniversário. Nasceu em Alegrete (Brasil) a 30 de Julho de 1906 e faleceu em 1994. Apelidado por muitos de "Anjo-Poeta",  Mário Quintana "era o poeta das coisas simples". Escrevia, simplesmente, por sentir necessidade de escrever!

      A sua poesia agrada-me, exactamente, por tratar temas tão diversos com sensibilidade, boa disposição e, muitas vezes, alguma crítica! 

      Eis alguns exemplos, entre muitos que podem encontrar neste sítio  ("Eterno Espanto") inteiramente dedicado a Mário Quintana:

 

 

       DA FELICIDADE
Quantas vezes a gente, em busca da ventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura
Tendo-os na ponta do nariz!

 

  

   DAS UTOPIAS
Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!

.

  *   O Duarte já está completamente recuperado! Retomou o seu característico estado irrequieto! Hoje voltámos ao Hospital: consulta de Fisiatria. Depois de dois míseros minutos de consulta em que a criança nem teve oportunidade de abrir a boca, o fisiatra constatou(?) que ele deveria continuar a frequentar as sessões de Terapia da Fala! Não seria mais correcto que esta decisão fosse da inteira responsabilidade da Terapeuta que já o conhece e acompanha há algum tempo? Não entendo isto senão como mais uma burocracia sem sentido!

publicado por Cris às 22:49
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Sábado, 28 de Julho de 2007

... directamente do céu

        

      O Duarte está doente... febre alta, energia em baixo... à noite está sempre pior! Talvez por isso me tenha lembrado deste pedaço de texto... Questiono-me algumas vezes sobre a origem desta força que nos acompanha (pais e, sobretudo mães) quando um filho necessita dos nossos cuidados... é bem possível que aqui se encontre a resposta...

 

 

           

 

      "Uma mulher levanta-se a meio da noite. Ouviu chorar o seu bebé. Está exausta. Teve um dia longo, está prestes a tornar-se mais longo ainda. Mas ela não está a pensar nisso agora. Não está a pensar em nada. Move-se com ligeireza, amorosamente, com o coração todo aberto. É uma mãe, e não há nada semelhante no universo. É um ser a agir por impulso divino. Ela É o divino, expressando-Se impulsivamente. Sorri ao bebé que tem ao colo, e o seu sorriso não foi criado na sua mente. Vem directamente do céu."

("O Deus de Amanhã" de Neale Walsch)
     
publicado por Cris às 00:11
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 26 de Julho de 2007

Votos para uma óptima quinta-feira!

 

           

publicado por Cris às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 24 de Julho de 2007

Voltei...

 

      É verdade, estou de volta! Infelizmente tudo o que é bom e sabe bem também termina depressa! Agora, há que arregaçar as mangas, pois lá diz o ditado: "depois da festa..."

.

                   (Aproveito para pôr em prática alguns dos ensinamentos do Feng Shui)

publicado por Cris às 23:06
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 7 de Julho de 2007

Até já!

 

     

 

 

      Nos próximos dias estarei ausente para as merecidas férias!

      Deixo-vos com estas sábias palavras de Cora Coralina que recebi da minha amiga H. M.: para meditar e concretizar!

     Aproveitem a vida e, se for o caso, BOAS  FÉRIAS!!

 

NÃO SEI...

Não sei... se a vida é curta...

Não sei...
Não sei...

se a vida é curta
ou longa demais para nós.

Mas sei que nada do que vivemos
tem sentido,
se não tocarmos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que sacia,
amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo:
é o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira e pura...
enquanto durar.

                Cora Coralina

 

publicado por Cris às 21:34
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Quarta-feira, 4 de Julho de 2007

Educar é ensinar a voar...

 

     

.

 

     "Os filhos são flechas que lançamos ao mundo" (Kalil Gibran)

 

      O Nuno quer desistir do Judo! Começou com muito entusiasmo... queria ir todos os dias! Entretanto o entusiasmo foi diminuindo e ultimamente ia aos treinos com grande sacrifício e desalento! Pediu-me várias vezes para desistir, ou porque o coleguinha lhe bateu, ou porque queria ficar em casa, ou porque... No meu sentir de mãe percebi que aquilo que o perturbava eram as características desta modalidade: não o factor regra e disciplina, mas a vertente agressiva que este desporto implica. O meu filhote é uma criança muito sensível, bastante calma e pouco dada a actos violentos. Sinto que é isso que o incomoda!!

      Ao longo dos últimos meses tentei persuadi-lo a continuar, pretendia que ele aprendesse que a vida está cheia de obstáculos (o pontapé do coleguinha é um exemplo!) e que ele deve esforçar-se por ultrapassá-los, reagir e não desistir à primeira dificuldade! Ele fez um esforço, um esforço enorme para o seu coraçãozito de criança, mas a tristeza, o sofrimento que o apertava nestes últimos dias fez-me ceder e apoiá-lo neste "baixar de braços"!!

      Educar é realmente difícil! Mas além de "ensinar a pescar" não é nosso dever, igualmente, apoiar, apoiar, acima de tudo amar?!

 

A propósito, diz Eugénia Puebla no seu livro "Educar com o coração":

    «Responda-lhe, não o instrua.
    Proteja-o, não o cubra.
    Ajude-o, não o substitua.
    Abrigue-o, não o esconda.
    Ame-o, não o idolatre.
    Acompanhe-o, não o leve.
    Mostre-lhe o perigo, não o atemorize.
    Inclua-o, não o isole.
    Alimente as suas esperanças, não as descarte.
    Não exija que seja o melhor, peça para ser bom e dê o exemplo.
    Não o mime em demasia, rodeie-o de amor.
    Não o mande estudar, prepare-lhe um clima de estudo.
    Não construa um castelo para ele, vivam todos com naturalidade.
    Não o ensine a ser, seja você como quer que ele seja.
    Não lhe dedique a vida, vivam todos cada um a sua.
    Lembre-se de que seu filho não o escuta, ele OLHA para si.
    E, finalmente, quando a gaiola do canário se quebrar, não compre outra...
    Ensine-o a viver sem portas!»
                                        in Educar com o coração de Eugénia Puebla

tags:
publicado por Cris às 23:36
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 3 de Julho de 2007

Há oito anos foi assim...

 

              

 

             

publicado por Cris às 00:21
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Livros... livros!

 

      Finalmente dedico um tempinho a responder a este desafio que me foi lançado há já algum tempo pela  Bell e pela  Stôra: os últimos cinco livros que li! Pois bem, ei-los aqui bem alinhadinhos! É certo que ainda não terminei o de Joanne Harris mas está quase! Devo confessar, igualmente, que tenho andado um pouco desleixada no que diz respeito a leituras mas agora com mais tempo (já estou em férias - forçadas!) conto retomar o ritmo!

 

             

 

 

     

tags:
publicado por Cris às 15:38
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

.mais sobre mim

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Regresso ao ativo...

. O tempo voa...

. Por aqui...

. Mais uma estrelinha brilh...

. Dizem...

. "Vestido" novo ;)

. Uff...

. o que é o sindrome de ASP...

. Brrrrrr....

. Há sempre...

.Leitura do momento...

Diz-me Quem Sou

.links

.pesquisar

 

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags